terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Todos querem o perfume das flores,



Mas poucos sujam as suas mãos para cultivá-las. Augusto Cury. Mais uma frase de efeito que me põe a pensar. Quando a gente trabalha, se propõe a fazer algo, é visando outra coisa, certo? Algum fruto, uma conseqüência, uma experiência, uma recompensa. Mas é como dizem por aí, as coisas fáceis não valem a pena. As melhores coisas da vida vêm com desgaste, batalha, luta, suor, e é esse processo que torna esse fruto mais saboroso, mais gratificante. Às vezes essa batalha é árdua, sofrida, cansativa, necessita que se suje as mão para cultivá-lo, é preciso colocar a mão na massa, deixar o suor escorrer, ouvir o que não precisava ouvir, engolir sapos que não precisavam ser engolidos, exercitar paciência, mansidão, longanimidade, sabe aquele contar até 5, ou 10, ou 23654789541245558956323334, pois sabe que não vale a pena discutir. Caminhos sem obstáculos costumam levar a lugar nenhum. É preciso pagar o preço para ter uma linda flor. É preciso sujar as mãos, não com imundícia, trambiques, ilegalidades, ou imoralidades, mas sujar as mãos com o trabalho, com o esforço. Além disso, vale a pena lembrar e acima de tudo o que deve nos mover para a flor, para o objetivo é o amor. O amor é que trás aquele toque final, aquele detalhe que faz toda a diferença.

7 comentários:

Daniel. disse...

Na hora certa da tarde, as palavras certas no blog acertaram um pouco minha visão sobre a vida, o universo e tudo o mais. Muito bom, Mari!

Letícia Rozendo disse...

Oi Mari, gosto do seu jeito de escrever eu diria que vc trás uma neutralidade envolvente, sinto mansidão e paz em suas palavras...sobre o texto muitas vezes tb nos cortamos com os espinhos...mas o melhor de tudo e sentir aquele perfume! no caso da rosa, sentir aquela maciez no rosto como um toque de carinho!(cultivar é que exige esforço, mas no fim vale a pena.)

Tai disse...

Poxa, excelente post!
Você escreve muito bem :D
Seu blog é ótimo, moça!
Deus a abençoe!
Beijos,
Tai.
coisasdetai.wordpress.com

Filipe Pereira da Silva disse...

É verdade. Grandes coisas costumam ter preços altos, o problema é a gente estar disposto a pagar esses preços por elas. Bela postagem!

Reginaldo disse...

Acho q eu tava mesmo precisando ouvir algo assim...
fantásticos os textos, marielle!

bjao

Reginaldo disse...

Acho q eu tava mesmo precisando ouvir algo assim...
fantásticos os textos, marielle!

bjao

Filipe Hagen disse...

Mari, esse texto vale uma bela e desafiadora devocional!!