quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

"Preciso retomar...



...minha excursão por dentro de mim mesma, revisitar lugares esquecidos no tempo, reaver algumas esperanças perdidas, recuperar algumas lembranças que de tão antigas já foram quase esquecidas e reinventar maneiras de lidar com as velhas coisas de sempre...” Aurélia Vasconcelos. Pois é... correrias a parte, não andava com muito tempo para curtir essa tal excursão dentro de mim mesma... confesso que andei fechada para qualquer tipo de balanço e avaliação. Digamos que tem sido uma fase difícil, cheia de emoções e decepções inesperadas, e simplesmente resolvi criar uma casca.. é uma casca tipo o casco de uma tartaruga, ou quem sabe resolvi criar uma parede de gelo bem grossa... espessa o suficiente para não deixar ninguém (inclusive eu mesma) de ver o que se passava nesse coração.

Mas chega uma hora que não dá mais, a gente precisa fazer aquela faxina geral. Férias são muito boas para isso! Revisitar lugares dentro de mim mesma que eu optei por esconder ou esquecer, e mais do que isso reaver algumas esperanças perdidas. Sofrimento não serve para ser remoído, mas sim para que aprendamos com ele, superemos a nós mesmos.

Me dei conta que a minha maior inimiga nessa batalha sou eu mesma. Quantas vezes nós mesmos não nos boicotamos, nos enchendo de auto-comiseração. Pois é... parar para pensar, encarar de frente e ver que muitas vezes fazemos uma montanha com 3 grãos de areia, ok, algumas vezes são mais do que 3 grãos, e quando caem no olho fazem um estrago considerável. Mas não o suficiente para colocar em segundo plano o amor que Deus tem por mim, a ponto de mandar seu filho para morrer no meu lugar.

Então a bonitinha aqui se fecha no seu mundinho cor-de-rosa e acha que os seus são os maiores sofrimentos do mundo. Sem menosprezar o sofrimento alheio, mas ponderemos sobre a nossa realidade. Temos muito mais do que merecemos (não vale a pena entrar no quesito merecimento)... temos muito mais do que precisamos.

Então, vamos à faxina? Faxina geral. Peguemos nosso coração olhemos para dentro dele. Não to falando pra quebrar aquela parede de gelo.. faz bem mantê-la por um tempo. Até para se preservar. Mas que essa parede não seja impedimento para seus sonhos, esperanças, até as boas lembranças que devem ter um lugar especial nos nossos corações. Mas que em hipótese alguma isso seja colocado em prioridade nas nossas vidas, o foco tem sempre que estar no nosso salvador, Ok? #ficadica

3 comentários:

Daniel. disse...

Desculpa, mas o conteúdo tá muito melhor que os parágrafos. Essa atitude nova é muito mais chamativa do que meus queridos e amados parágrafos. Mas ae... ficou bem melhor de ler! ^_^ Parabéns de novo!

Romantico Rebelde disse...

Isso é verdade! Pow teus textos as vezes parecem q foram escritos pra mim. Isso q tneho vivido, hora da faxina geral, de parar de achar q a vida do vizinha é melhor e os problemas deles são mais fáceis. Hora de parar de ficar sentado no sofá enqunanto a casa ta um caos... Lindo o texto! Amei

E eu estou sempre por aqui no teu blog, os dois ultimos textos tem lá meus comentários... então estou assíduo por aq! Beijos, Saudades

Don disse...

Só pra lembrar que eu estou sempre dando uma espiada aqui. =]
beijos