sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Era uma vez...


Alma gêmea? Príncipe encantado? Par perfeito? A outra metade da laranja? Que atire a primeira pedra quem nunca ouviu alguma dessas expressões. Sabe quando você está sozinho e começa a pensar sobre aquele príncipe num cavalo branco, mas aí pensa, caramba para de ser exigente, aonde já se viu por aí um príncipe andando num cavalo branco procurando sua princesa? Temos que ser realistas, o cavalo não precisa ser branco, pode ser preto, marrom, amarelo, roxo de bolinhas amarelas... Brincadeiras a parte, queria colocar algum texto nesse sentido aqui já tem tempo, mas não estava conseguindo organizar as idéias. É tão bonitinho, quando você tem 13 anos e acredita que as coisas nesse “mundo” dos relacionamentos acontecem como num conto de fadas. Ou ainda que devemos achar alguém que nos complete, aquela outra metade, a tampa da panela, o chinelo sujo pro pé cansado... Isso é uma baboseira sem limites. Você tem que ser inteiro e encontrar alguém inteiro também. Nada de metades ou meio termo. Você é um! Não sei você, mas eu não quero alguém pela metade. Alguém que precisa de outra pessoa pra ser um, pra ser completo! Credo! Se tiver alguém que pode preencher alguma lacuna ou buraco em você esse alguém é Deus. Além disso vivemos em um mundo cheio de padrões,padrão de beleza, padrão de magreza, padrão de inteligência... Enchem a boca pra dizer que não devemos julgar um livro pela capa, mas julgar uma pessoa pela aparência é muito mais grave, não?
Te contar um segredo, melhor do que esperar por aquele príncipe é esperar pelo propósito de Deus pra sua vida. E melhor do que o “perfeito” aos olhos do mundo, é o “presente” de Deus. O Senhor tem um propósito muito certo, e eu creio que temos que parar de tentar controlar as nossas vidas e deixar o Capitão guiar esse barco! E por ultimo, mas não menos importante, “sobre tudo o que se deve guardar, guarda o seu coração, porque dele depende toda a sua vida” Pv. 4.23. Acredite, a chave para a felicidade é confiar todas as áreas da sua vida nas mãos de Deus.

9 comentários:

Daniel. disse...

"Não sei você, mas eu não quero alguém pela metade. Alguém que precisa de outra pessoa pra ser um, pra ser completo? Credo!" Duro, mas realista. No céu ninguém vai estar casado (ao contrário do que ensinam os Mórmons). Legal o texto.

Pricilla Alice disse...

eu gosto!!!
=D
[só pra provar que eu passo por aki!humpft!]
já tava saindo e esquecendo de deixar o comentário
=P

Letícia Rozendo disse...

adorei o post, um dos melhores concordo com vc sobre sermos inteiros, nós seres humanos temos dificuldades com a completude, não conseguirmos nos desprender de nós mesmos para mergulhar, amar completamente, a palavra é confiança..bjinhos ah tb concordo com vc sobre Fernando Pessoa é o cara (golpe baixo)srsrs

sarinhahloira disse...

como sempre lindo!! é verdade... é bem melhor ter o presente de Deus do que ter um simples sonho. Como vc disse Deus completa a gente, existe presente melhor do que isso? e olha que é de graça!! Beijinhos

Filipe Hagen disse...

Bacanérrimo!!! rs rs rs

Don disse...

Muito bom Mari! Concordo com a afirmação de que somos inteiros e não apenas metade. Até porque, quem não sabe ser feliz sozinho, não o será a dois. Entretando, concordo com a matemática da Bíblia de que 1(homem) + 1(mulher) = 1(só carne) e o casamento sela esse união.
Beijos! =D
Ps: Vou passar aqui mais vezes! ;)

andrezinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andrezinho disse...

Nossa....como vc escreve bem....seu blog está de parabéns não escrevo o tanto quanto nas eu tento...rsrs
E totalmente real e verdadeiro suas escritas.Nada de metade...sou inteiro e quero uma mulher inteira...
Nada de dividir....quero somar..
Deus é fiel...
Super beijoooo Mari

Fernanda H. disse...

Textos lindos!
Adorei!!