terça-feira, 27 de outubro de 2009

Aaaaii aaaaiiii




Aah o Amor... O amor... gostaria de uma definição pra amor... sabe aquela palavra que você não sabe explicar? Acho que não foi feito para explicar e sim para sentir. O amor é algo muito maior do que simplesmente aquele belo sentimento entre um casal, ou entre mãe e filho, ou quem sabe entre amigos. Paulo usou um capítulo inteiro em sua primeira epistola aos Corintios, no capitulo 13 pra ser mais especifica, lá ele deu tantas e tantas características do amor, tentou descrevê-lo, mas ele está longe de ser algo que se consiga expressar em palavras. O amor está em um olhar, em um sorriso, em um abraço, em um beijo, em um sacrifício. O amor está em toda parte. Quantas e quantas vezes não passamos despercebidos por ele? Quando poderíamos sorrir, fechamos a cara, quando poderíamos olhar, desviamos os olhos, quando poderiamos abraçar, ignoramos... O amor pode ainda ser demonstrado em pequenos gestos, e vou te contar um segredo, o amor é o segredo da felicidade! Quer ver só, experimenta isso: tenta colocar uma pitadinha (ou uma pitadona) de amor em tudo que você for fazer, independente de estar com vontade, de gostar ou não, faça com amor, com amor é mais do que fazer bem feito ou quem sabe com dedicação, fazer com amor, é fazer de todo o coração. O amor é mais profundo e mais forte do que tudo que podemos imaginar, afinal de contas foi por amor que Cristo morreu na cruz. Amar não é uma opção! Não nos disseram: vai lá escolha os mais legais e ame se quiser!! Não não, ame ao teu próximo como a ti mesmo, ou mais, ame ao teu próximo como Cristo nos amou, que a si mesmo se entregou por nós. Pois é, muito mais do que podemos explicar ou sentir, o amor tem que ser vivido, o amor tem que ser simplesmete amado!

Love

Mari

7 comentários:

Filipe Hagen disse...

Lindíssimo texto, Mari!
Bom ter post seus de novo por aqui! E quanta inspiração!
Siga escrevendo.

Bjos

Pricilla Alice disse...

=D
Ficou liiiiiiiiiindo!!!
Parabéns, amiga!
E eu amo vc
(L)
:D

Bruna disse...

lindo texto, mari!!
gostei demais :D

posta mais aqui!

amo vc
e to com saudade!

beijos

Filipe Hagen disse...

Fique à vontade para publicá-lo aqui, Mari!
Beijos

Reginaldo disse...

lindo texto, mari!
Infelizmente, na sociedade de hoje, não se tem noção (parafraseando pr. roosevelt) do que é viver o amor!
Mas, nós, os que são lavados e remidos pelo sangue do cordeiro, podemos, e devemos, demonstrar e viver esse amor verdadeiro!

Bom ler seu texto de novo...

bjão

Daniel. disse...

Mari, que bom seu texto! Muito muito legal! Bonitão! Que bom que vc não desistiu do blog!

abraço!

Romantico Rebelde disse...

Gostei Mari, realmente preciso colocar pitadonas de amor em algumas coisas que faço no meu dia. realmente ficou como uma lição pra mim o texto! Obrigado!