quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

A mudança...




...é criada por aqueles cujas imaginações são maiores que as suas circunstâncias. Outro dia estava passeando por aqui e me deparei com essa imagem e com essa frase, e andei refletindo sobre mudança. O tanto que mudanças são desconfortáveis. Mudança de escola, mudança de trabalho, mudança de casa, mudança de faculdade, mas principalmente mudança de condutas, mudanças de posturas. Sair da zona de conforto sempre tira coisas do lugar. Por mais que sejam mudanças que você queira muito, sempre causa certo desconforto, dor de cabeça, trabalho extra. Mas a mudança que eu gostaria de ressaltar é uma mudança de coração, mudança de postura. Somos pecadores sim, erramos de propósito e até sem querer, provocamos sofrimentos, dores, angústias, mágoas; mas não é por isso que devemos nos conformar com o pecado, pois por mais que nossos pecados afetem a vida de outras pessoas, ele afeta principalmente a vida do próprio pecador, pois afinal de contas, quem sofre as conseqüências é ele mesmo. Chega de conformismos, de eu nasci assim, eu sou assim, vou morrer assim. Devemos ter um alvo, e fixados nesse alvo devemos direcionar a nossa vida. Muitas coisas aparecem para tentar nos desmotivar de buscar esse alvo, ou ate nos desviar dele, e por diversas vezes caímos nesses desvios. Mas sabe o que é bom nisso tudo, é adquirir a percepção de mudança. De admitir que está errado, e ter a humildade de voltar para o caminho certo. Mudanças são necessárias, muitas vezes são doídas, geram desconforto, mas são necessárias. Mas é ai que entra a pergunta-chave: “qual é a sua motivação pra mudar?”. A mudança tem que ser em prol do alvo, senão em vão será... Não se deixe levar por circunstâncias, estas mudam rapidamente, mudanças geradas por elas podem causar grandes estragos. Mudanças devem ser de natureza definitiva, decididas, pensadas e que gerem os “estragos” numa paulada só!!!

5 comentários:

sarinhahloira disse...

verdade Mari, numa paulada só, mesmo que doa, cicatriza!!! Beijinhos =**

Filipe Hagen disse...

Como é bom parar pra pensar sobre o que você escreve aqui!
Mais um excelente texto! Parabéns!

Filipe Pereira da Silva disse...

Concordo, tem que ser numa paulada só. Mudar é necessário e é a chave para o crescimento. Se quisermos obter resultado diferentes temos que tomar atitudes diferentes. Viver a mesmice é esperar a morte chegar.

andréia sartorelli disse...

Gostei muito do seu ponto de vista sobre mudanças, e eu havia roubado a foto do teu post, sorry, mas eu digitei mudança no google imagens, e entrou aqui. Gostei muito.

Beijos

http://andreiasartorelli.blogspot.com.br/

Depois passa dar uma conferida!

Di Monique Novaes disse...

Muito bom Mari...
tão perfeito para esse momento de mudanças em geral que estou passando, muito obrigada pelas cabíveis palavras, beijo grande! :)))