terça-feira, 23 de setembro de 2008

Pra valer




Bom, nem sei bem o que postar. Há tempo estou sem criatividade para escrever, alem disso, não costumo ser muito boa com as palavras, mas vou compartilhar alguns pensamentos que andam me confrontando ultimamente. Na terça-feira passada, dia 16/09, me deparei com uma situação um pouco assustadora. Estava eu, linda e poderosa indo pra faculdade, cantarolando. Parei num sinal, e parou do meu lado um morador de rua, em uma cadeira de rodas, ele não tinha metade das duas pernas, ele pediu para eu abaixar o vidro, eu como uma mocinha q estava sozinha, não quis abaixar, apesar de ficar me massacrando por dentro, doida de vontade de abaixar o vidro para entregar um panfleto para ele. Entretanto, quando eu não abaixei o vidro, esse homem ficou irado comigo, começou a forçar a porta do meu carro pra tentar abrir, batia muito na lataria e no vidro do carro, gritava e me xingava horrores. Eu fiquei assustadíssima, quando cheguei na faculdade descobri que esse cara é super famoso, costuma bater nas moças e provocar os rapazes. Enfim, esse tipo de fato me faz parar pra refletir em tantos aspectos da minha vida. E um deles é, o que eu tenho feito da minha vida? Se eu morresse hoje, chegasse no céu, será que Deus me daria um joinha, olharia pra toda a minha vida e diria, valeu a pena Marianna! Será? Será? Ai eu paro e penso como eu tenho feito pouco, ou o tanto que Deus é bom, quantas oportunidades Ele tem me dado, e eu aqui, de observadora. Quantas vezes somos omissos? Quantas vezes não ficamos calados quando devíamos falar, quando devíamos agir? Jesus não foi omisso, pelo contrário, morreu naquela cruz, por nós...[mais um desabafo do que um post...]

8 comentários:

Daniel. disse...

Que bom que escreveu, tava com saudades do seu blog!

Seu post é curto mas faz a gente parar e pensar na vida.

Não desanime! Corra como quem quer vencer!

Filipe Hagen disse...

Muito bom vir aqui e ler seus posts, Mari.
Deus nos dá inúmeras oportunidades e espera de nós que desafiemos nosso 'eu' em prol do 'outro'. Não é fácil... Mas precisamos.

Laíza Foizer disse...

Nossa Mari, fiquei preocupada quando fui lendo seu texto e vc contando tudo que te aconteceu...
Eu não sei como eu reagiria. Ficaria com medo também!

Mas, sua reflexão é muito boa!
Tem hora que temos que parar e pensar no que estamos fazendo para levarmos Cristo às pessoas.
Fique com Deus!
Beijinhos :*

Pricilla Alice disse...

éee verdade
=]
acho q minha motivação blogueira morreu
=/

Bruna disse...

Mari... que esse pensamento "será q to fazendo pouco?" não nos desanime, mas nos motive a fazer sempre mais para Deus!

eu nao tinha visto o novo blog! ficou lindo!!

:D

beeijo

Marcos Moreira disse...

Voce tem razao, nao devemos ser omissos. Mas não você não é. Ninguém é perfeito e acho legal sempre querermos fazer o nosso melhor, mas não se massacre quando achar que faltou um pouquinho, levante a cabeça e continuemos em frente :)
Ei, o título do blog ficou bonitinho, mas a letra ta meio difícil de ler, muda a cor ai, vai? :)
beijinhos

Romantico Rebelde disse...

Olá querida, antes de comentar queria agradecer pela visita e pelo comentario q me deixou muito honrado no meu humilde blog... Gostei do texto, suas perguntas me pegaram de surpresa e me fez pensar mais profundamente sobre isso, sei lá? seu texto foi curto, simples, mas deixou algo aq dentro! continue escrevendo, sei q muitas pessoas q leram esse texto, pararam pra meditar nele... obrigado por suas palavras, realmenet preciso dar mais de mim pra DEUS!

Daniel. disse...

Mari, para de embromar e escreve ¬¬ Outubro tá acabando, ó! =]

=*