quinta-feira, 15 de maio de 2008

Dificuldades



Quantas vezes eu falei, ou simplesmente ouvi essa expressão: “ai, mas ta tão difícil... eu acho que não consigo!”? Diversas né? Pois é, mas eu fico me perguntando, mas quem foi que disse que era pra ser fácil? Ou quem foi que disse que seria moleza? Seja o que for um obstáculo físico, um salto da cachoeira, passar numa prova, resolver os problemas do coração, ou quem sabe com os pais. Mas sabe o que é mais difícil? Na minha singela opinião? Ter uma vida santa, ser irrepreensível na presença do Senhor, ser alguém que não tem em hipótese alguma vergonha de dizer que é um servo de Jesus Cristo, ou melhor, ser um servo de Jesus Cristo, mas um servo de todo o coração, um servo que sabe que passará por tribulações, por provações, por longos desertos, mas que tem a cabeça levantada e assim como Jó conseguir no meio de suas dificuldades dizer: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra.”, é dizer que a sua esperança está em algo muito maior do que os olhos e qualquer um pode ver. Quantas pessoas não sofrem no mundo, ou quantas já sofreram, não menosprezando o seu problema, aliás, quem sou eu para isso, mas às vezes penso o quanto nós somos egoístas, quanto tempo perdemos olhando para o nosso próprio umbigo? Digo por mim, quantas vezes nos revoltamos com inutilidades? Ou até mesmo quantas vezes nos revoltamos com certes situações, mas nos matemos na nossa zona de conforto! Acredito sim que não devemos nos conformar com este século, mas apenas ficar inconformado não muda nada, devemos lutar para mudar as coisas, devemos nos esforçar para fazer alguma diferença! Muitas vezes nos vemos num beco sem saída, sem uma perspectiva, sem nenhuma luz, mas devemos ter fé, pois o nosso Deus é muito, mas muito mesmo, muito maior do que o maior dos seus problemas. Devemos ter fé e esperança, pois o melhor de Deus ainda está por vir!

8 comentários:

Gabriella disse...

Uhhh

Arrasô!

Oi Mari!!!
Tô com saudades...

Beijinho

Nome: Samuel Amadeo disse...

Mais um otimo topico. Parabens!
De fato é isso ai, perseverar em uma vida santa e ainda ter as cara de pensar como Jó... Não é para qualquer um. De fato para poucos. Dificil. Eu mesmo to longe de aprender.

Abraços Mari.

Bruna disse...

PERSEVERANÇA
é a palavra
a danada que quase sempre esquecemos...

adorei o post, querida!
boa semana!

beeijo

Filipe Hagen disse...

Olha a perseverança aparecendo aqui também, como bem citou a Bruna!
Precisamos de nos entregar diariamente a Deus, clamando por coragem, por transformação nossa e daquilo que nos cerca também por nossa ação/participação.
Boa semana!
Fica com Deus!
Continue escrevendo!!
Bjos

Pricilla Alice disse...

Pensa comigo!
Que gra�a teria se tudo fosse f�cil? De que adiantariam as vit�rias se n�o houvesse o gostinho da perseveran�a?
�?�?
beeeeijo
h�!
eu voltei!
:P

Filipe Hagen disse...

Apareça!! hehehe

Laíza Foizer disse...

AMÉM Mari!!!
Esse texto foi pra mim!

Porque será que sempre esquecemos dessa verdade?
Ainda bem que temos um Deus misericordioso e que cuida de nós!!!
Belo texto!

Tem um poeminha lá no meu blog. Passe por lá depois, ok?

Beijocas [:*

Marcos Moreira disse...

Adorei o texto!
E concordo, quem disse que seria fácil?
E se fosse, quem iria querer?
E o melhor de Deus ainda está por vir, que ele desperte também o melhor em cada um de nós :)
bjinho